top of page
  • Foto do escritorCarla Ribeiro

DMs ( Mensagens Diretas) - o futuro

Atualizado: 30 de abr. de 2023

As mensagens diretas são o novo feed social, com mais e mais usuários a optar por partilhar atualizações em círculos mais íntimos nos DMs ( Mensagens Diretas), em vez de postar publicamente.

Uma das principais razões é a natureza divisiva das conversas nas redes sociais, com cada vez mais discussões políticas e sociais que levam a desentendimentos e, muitas vezes, causando mais angústia do que vale a pena.


Você provavelmente já teve essa experiência - quantas vezes sentiu vontade de postar algo, começou a digitar e depois pensou 'nah, não vale a pena'? Você pode ter uma opinião sobre o assunto do dia, mas será que essa opinião é forte e sustentada o suficiente, para defender a sua posição se você for desafiado? Deseja realmente entrar numa discussão com desconhecidos nos comentários?


A resposta da maioria das pessoas é: não, obrigado - o que leva mais pessoas a uma partilha mais privada. A maioria das pessoas simplesmente está farta dos comentários pouco simpáticos muitas vezes com agressividade gratuita e pejorativa. Isso está a levar a uma mudança significativa no foco das principais redes sociais.


É o caso da Meta que depois de verificar uma grande mudança em relação ao uso das mensagens como interação dos posts, decidiu investir nessa área e criou os 'Canais' no Instagram, que são essencialmente mensagens transmitidas, assim como a reintegração do Messenger no aplicativo principal do Facebook. Tal facto pode significar um grande impacto na forma como as pessoas interagem no Facebook e no Instagram. O Instagram também está a testar melhores opções de partilha em DMs e como destacar posts partilhados na sua caixa de entrada.


As implicações para o marketing não são totalmente claras, pois as pessoas ainda estão a descobrir conteúdo no Facebook e Instagram, mas partilham o que encontram através de mensagens privadas. Isso sugere que os feeds sociais ainda são opções sólidas para alcançar o seu público, mas para interação, deverá começar a considerar outras formas mais diretas de o fazer.


Senão vejamos: esta mudança de atitude fará com que as interações da sua página diminuam em termos de comentários, uma vez que o público prefere ver o conteúdo em mensagem privada comentado dessa forma também – significa que a probabilidade de clicar para obter mais contexto ou iniciar uma compra, será menor.

O impacto na medição dos resultados também será notório, fazendo com que cliques e visitas à página se tornem provavelmente indicadores mais críticos, junto com, é claro, conversões e outras métricas diretas.


Mas este, é cada vez mais, o caminho seguido pela Meta e, à medida que as interações mudam para DMs, outras plataformas seguirão o exemplo. É preciso estar atento à forma como as pessoas se conectam a si e ao seu negócio, como procuram interagir, como entram em contato.


Com base nessas dinâmicas, adapte a sua estratégia. Altere a forma como chega até ao seu público-alvo e lembre-se que as redes sociais são uma forma de se conectar, de se relacionar. Para isso há que adaptar-se constantemente aquilo que o seu mercado pede e prefere.


A brincar, costumo dizer aos meus clientes que qualquer dia ainda os convenço a fazer DM’s (Direct Marketing – cartas endereçadas), como se fazia há 20 anos atrás. Para quem não sabe o que é e com se fazia, passo a explicar. Compravam-se bases de dados a uma empresa ou usava-se a própria base de dados de clientes e potenciais clientes, imprimiam-se cartas ou flyers, personalizava-se com o nome da pessoa a quem era dirigido, colocava-se num envelope e mandava-se por correio. A pessoa recebia a correspondência, e se tivesse interesse no que lhe era dado a conhecer na carta, contactava diretamente. Normalmente a seguir ao envio dos DM’s, o departamento de Marketing fazia telemarketing para confirmar o interesse e qualificar os potenciais interessados.


Será que os DM’s nas redes sociais serão a nova forma dos DM’s Tradicionais? hummm…



Stay safe, be kind!

Cuidem-se e sejam gentis!








 

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page